Ministério da Saúde solicita ajuda ao setor de transporte na divulgação do aplicativo Conecte SUS

MINISTÉRIO DA SAÚDE SOLICITA AJUDA AO SETOR DE TRANSPORTE NA DIVULGAÇÃO DO APLICATIVO CONECTE SUS

O Ministério da Saúde, que sempre contou com a parceria do setor rodoviário em suas ações de logística e informação, solicitou ajuda da Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros (ABRATI) e das empresas operadoras de transporte público coletivo para divulgar o Conecte Sus.

Trata-se de uma importante ferramenta para o controle e planejamento da imunização de toda a população. O aplicativo funciona como uma carteira digital de vacinação e vai ajudar o governo a distribuir as vacinas em primeira e segunda dose de forma mais eficaz.

O Ministério da Saúde está disponibilizando alguns materiais digitais e o envio de material físico para as empresas de transporte de passageiros anexarem em seus guichês e áreas comuns.

Para recebimento de cartaz e folder é preciso enviar um e-mail para mariafernanda@abrati.org.br , com o endereço de entrega e nome do responsável.

 

Motoristas de ônibus terão prioridade na vacinação contra o Coronavírus

MOTORISTAS DE ÔNIBUS TERÃO PRIORIDADE NA VACINAÇÃO CONTRA O CORONAVÍRUS

Decisão atende solicitação da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado de São Paulo – FETPESP

O Ministério da Infraestrutura anunciou ontem (18) que os profissionais da área de transporte – considerados prestadores de serviços essenciais para o desenvolvimento do país – foram incluídos no grupo prioritário na campanha de vacinação do Ministério da Saúde contra a Covid-19.

Segundo o informe técnico da instituição também estão na lista de prioridade os caminhoneiros, portuários, incluindo trabalhadores da área administrativa; funcionários das companhias aéreas nacionais; profissionais de empresas metroferroviárias de passageiros e de cargas; funcionários de empresas brasileiras de navegação; e motoristas e cobradores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso.

Para se vacinar, os profissionais terão que comprovar, por meio de documentação, que possuem vínculo ou fazem parte desses grupos. A logística e data para início da vacinação serão definidas pelo Ministério da Saúde.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas destaca que essa é uma grande notícia para os trabalhadores que continuaram, mesmo durante toda a pandemia, prestando um grande serviço ao país. “Esses profissionais terão o suporte do Governo Federal para serem vacinados como grupo prioritário, de modo a garantir a segurança e as condições que eles precisam para continuar nas estradas, portos e ferrovias”.

Essa decisão atende o apelo de diversas entidades ligadas ao setor transportador e à Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado de São Paulo – FETPESP que enviou, em 04 de dezembro do ano passado, ofícios ao governador João Doria e ao secretário de Estado da Saúde, Jean Carlos Gorinchteyn solicitando a inclusão de motoristas de ônibus nos grupos prioritários, já que eles trabalham em prol da mobilidade e prestam um serviço essencial à população.

Fonte: Assessoria Especial de Comunicação
Ministério da Infraestrutura

Motoristas podem ser incluídos na 2ª fase da vacinação contra Covid-19

Motoristas podem ser incluídos na 2ª fase da vacinação contra Covid-19

A Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado de São Paulo – FETPESP enviou ofício, ao Governo do Estado de São Paulo e a Secretaria Estadual de Saúde, solicitando a inclusão dos motoristas profissionais como grupo prioritário na vacinação contra a Covid-19.

Em resposta, o Chefe do Gabinete da Secretaria de Saúde, Nilson Ferraz Paschoa, informou que o assunto foi submetido à apreciação da Coordenação de Controle de Doenças, que em despacho enviado ao presidente da FETPESP, Mauro Artur Herszkowicz, esclareceu que na segunda fase serão incluídos outros grupos prioritários, a partir de avaliações epidemiológicas.

Dessa forma, considerando a essencialidade e importância do transporte coletivo, não foi descartada a possibilidade da inclusão dos motoristas profissionais na segunda fase da vacinação.

Veja abaixo os ofícios recebidos pela FETPESP.

Ofício Vacina Motoristas 01

Ofício Vacina Motoristas 02

Ofício Vacina Motoristas 03

FETPESP NA MÍDIA

Fetpesp na mídia

Iniciativa da FETPESP solicitando prioridade na vacinação contra a Covid-19 é notícia

A Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado de São Paulo – FETPESP encaminhou ofício ao governador do estado de São Paulo, João Doria, e ao secretário estadual de Saúde, Dr. Jean Carlo Gorinchteyn, solicitando que os motoristas de transporte coletivo tenham prioridade na campanha de vacinação contra a Covid-19.

Em face da importância da iniciativa, alguns veículos de comunicação noticiaram o apelo.  Confira as matérias divulgadas no jornal Agora São Paulo, no blog Diário do Transporte e na rádio CBN.

Agora São Paulo

Diário do Transporte

Rádio CBN